Jornal Conexão

Hoje é decisão do Campeonato Mineiro

Compartilhe

Chegou a hora da primeira grande decisão de 2019. No Independência lotado, Atlético e Cruzeiro decidem o título do Campeonato Mineiro neste sábado, a partir das 16h30m. Em jogo, além do troféu estadual, está a busca pela estabilidade para o restante do ano. Ao perdedor, restará encarar a “tempestade” decorrente de uma derrota num clássico e da perda da primeira taça em disputa na temporada.

“Os estaduais, hoje, têm uma característica quase cruel: um meio bônus para quem ganha e uma tempestade para quem perde”, sentenciou o técnico Mano Menezes, que comanda o Cruzeiro em busca do bicampeonato mineiro. À equipe celeste, um revés no Horto – único resultado que daria o título ao Atlético, derrotado no jogo de ida por 2 a 1 – talvez não cause tanto estrago, já que o momento na Copa Libertadores é animador.
A situação do Atlético, porém, é oposta. Com poucas chances de classificação ao mata-mata da competição continental e sem um treinador efetivo desde a demissão de Levir Culpi, há nove dias, o time precisa da vitória para apaziguar os ânimos da torcida. A missão de comandar a equipe é do interino Rodrigo Santana. “Nunca passou (pela cabeça treinar o time na final). Tenho a oportunidade. Sei que vai ser muito difícil, mas o Atlético entra muito confiante e isso pode se tornar possível”, disse.

Atlético

Ao Atlético, só a vitória interessa. Empurrado pela torcida – que até a tarde desse sábado havia adquirido quase 22 mil ingressos para o clássico -, o time alvinegro tem a formação titular como uma incógnita. O zagueiro Réver, o meia Cazares e o meia-atacante Luan passaram a semana em tratamento de problemas clínicos. Dos três, apenas este último está garantido na finalíssima do Estadual.
A tendência é que Réver seja escalado. Se não puder jogar, o capitão dará lugar a Leonardo Silva. Cazares, com incômodo na coxa esquerda, é o que vive a situação mais indefinida. Vinicius é a principal alternativa ao equatoriano. Mudança certa em relação à formação usada no primeiro jogo é a saída do suspenso Adilson, expulso no Mineirão, para a entrada de Zé Welison. Rodrigo Santana indicou que também tem dúvidas sobre quem joga na ponta esquerda. Principal candidato à vaga, Chará disputa posição com Geuvânio e Maicon Bolt.
Além de significar a conquista do 45º título mineiro da história do Atlético, uma vitória no clássico daria mais tranquilidade à diretoria na procura por um treinador e ao elenco na luta por uma façanha na Libertadores. Para avançar, o time precisa vencer as duas partidas que restam, torcer para que o Nacional-URU não pontue e ainda tirar uma diferença no saldo de gols. O início da caminhada é na próxima terça-feira, às 21h30, no Mineirão, justamente contra os uruguaios, pela quinta rodada do Grupo E.

Cruzeiro

Invicto na temporada – 19 jogos, 15 vitórias e 4 empates -, o Cruzeiro buscará dar sequência ao bom momento para confirmar o bicampeonato do Estadual no maior desafio da temporada até aqui. Para isso, terá força máxima dentro de campo. Pela primeira vez em 2019, o técnico Mano Menezes deverá repetir a escalação pelo segundo jogo seguido. O quarteto de ataque, principal esperança de gols para o jogo no Independência, está confirmado: Robinho, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel e Fred.
As principais novidades do Cruzeiro, porém, estarão no banco de reservas. Além do atacante Pedro Rocha, que estreou no jogo de ida, no Mineirão, Mano Menezes terá à disposição o meia Thiago Neves. O camisa 10 se recuperou de incômodo na panturrilha direita, realizou longo trabalho de fortalecimento muscular e deverá jogar por alguns minutos no segundo tempo do jogo no Horto. Por outro lado, Rafinha, suspenso, e Raniel, com dores na coxa, não foram relacionados para o duelo.
A vitória do Cruzeiro sobre o Atlético, que daria ao clube seu 12º título invicto do Campeonato Mineiro, também poderá servir de combustível para a reta final da fase de grupos da Libertadores. Vale lembrar que a equipe viajará para a Venezuela na manhã de domingo, cerca de 15 horas depois da decisão do Estadual. Já classificado às oitavas, o time celeste medirá forças com o Deportivo Lara às 17h da próxima terça-feira, no estádio Metropolitano de Lara, em Cabudare. No torneio sul-americano, o time azul briga pelo primeiro lugar geral.
Fonte: Superesportes
%d blogueiros gostam disto: